sexta-feira, 30 de março de 2012

The Magic Portal

sábado, 24 de março de 2012

"Sacanas sem Lei" para A minha primeira biblioteca de cinema (2)



Na sequência de uma mensagem anterior e devido aos resultados menos positivos de alguns alunos na redação de um guião a partir do livro "Drácula", convido todos os alunos da disciplina de cinema a uma leitura nestas férias.

O livro que proponho é simplesmente a tradução do argumento original do filme de Quentin Tarantino, "Sacanas sem Lei" ("Inglourious Basterds", no original), numa edição da Contraponto. E se um filme de Tarantino é quase obrigatório, ter a oportunidade de ler o guião, numa publicação traduzida em português, é uma excelente oportunidade.

Muitos alunos não conseguiram perceber como se escreve o guião e a transposição das páginas 34 a 36 do livro de Bram Stoker nem sempre foi bem conseguida, apesar das explicações nas aulas e das mensagens publicadas neste blog.

Acredito que terá sobretudo a ver com uma questão de educação e de interesse pelas propostas vindas da escola. A adesão dos alunos e encarregados de educação à iniciativa "Cinema na Quinta" o tem demonstrado (e é a primeira vez que me refiro a este caso). Por isso, é provável a maioria dos alunos não aproveite esta interrupção para procurar novas leituras, ou sequer algumas leituras, mas nós vamos continuando...

PF


sexta-feira, 16 de março de 2012

Frederic Back



Nas aulas de cinema, os alunos do 7º ano têm a oportunidade de conhecer diferentes cinematografias no âmbito da animação. Nesta fase final do seu percurso são apresentados alguns filmes de diferentes origens agrupados por técnicas. Destaco aqui o realizador canadiano (mas nascido em França) Fréderic Back que venceu dois Oscars, do qual mostro excertos de dois filmes: "Crac" e "The creation of Birds".

Podem também consultar um excelente site com informação sobre o realizador que se caracterizou pelos seus maravilhosos filmes e por uma preocupação constante com as questões ambientais. Obrigatório!

http://www.fredericback.com/ 


PF

Sombras chinesas e videoclips

quinta-feira, 15 de março de 2012

Cinema na Quinta II


Depois da primeira sessão de Cinema na Quinta, onde foram vistos os exercícios de montagem dos alunos acompanhados (e musicados) por uma banda sonora criada por Marco Martins, hoje será a vez de apresentar os filmes da New Light Pictures, com a presença dos seus autores.
Esperamos que desta vez haja mais interesse por parte dos alunos, visto que na semana passada apenas estiveram três alunas (?) e nenhum encarregado de educação. Isto demonstra o verdadeiro interesse e até, podemos dizer, a desconsideração de uma boa parte da comunidade educativa, pelas atividades que lhe são destinadas. Da nossa parte, vamos continuar a apostar em iniciativas que possam contribuir também para mudar a ideia que temos da escola, com a presença de artistas e o visionamente de filmes.

Aproveita quem quiser...

PF

domingo, 4 de março de 2012

a minha primeira biblioteca de cinema


Sabendo que muitos alunos - espero estar enganado - não têm hábitos de leitura, chegou a altura de começar a formar uma pequena biblioteca lá em casa. Ou, pelo menos, a combater alguma falta de interesse pela leitura. Apresento então uma pequena proposta de seis livros:

"Da Terra à Lua" e "À volta da Lua" (Júlio Verne); "Drácula" (Bram Stoker); "O Clube de Cinema" (David Gilmour); "A invenção de Hugo Cabret" (Brian Selznick); e "Gramática do Cinema" (Marie-France Briselance e Jean-Claude Morin).

Esta lista é essencialmente direcionada para os alunos do 8º ano e há para todos os gostos, desde os clássicos de J. Verne, aos mais recentes sucessos de D. Gilmour ou de Selznick. Há ainda a recente publicação das edições texto&grafia que nos apresenta 29 pontos da gramática cinematográfica numa ordem cronológica, que vai de 1891 até à ascensão do cinema sonoro. "Não se pode gostar verdadeiramente de cinema sem desejar compreender a linguagem (as linguagens) que utiliza...", refere na contra-capa. É sem dúvida um livro fundamental para os alunos perceberem os mecanismos da construção de histórias com imagens em movimento.

Aceitam-se mais sugestões e iremos propor mais livros, com toda a certeza.

PF

sábado, 3 de março de 2012

já cá vieram mais de 9 mil


É com enorme satisfação que anuncio o impressionante número de 9000 visualizações neste blog criado para uma disciplina de cinema. O que é fantástico é o facto de ter chegado à Rússia, Ucrânia, Alemanha, Coreia do Sul (?) e muitos mais países não indicados na imagem.
A mensagem mais procurada tem a ver com os irmãos Skladanowsky, publicada em Maio de 2008, com mais de 830 visualizações, seguida de Zootrópio com 684.
O mês que teve mais visitantes foi novembro de 2011 com 650.
Se os alunos revelassem ainda mais interesse, de certeza que estes números seriam bem maiores.
Vamos agora em direção aos dez mil. Aceitam-se apostas para saber em que mês será...

PF

Cinema na 5ª



Vai ser já na próxima quinta-feira que vamos iniciar uma nova atividade no auditório da escola de S. Pedro do Mar, com a participação especial de convidados.
A primeira, será então no dia 8 de março, pelas 18.30h, com a presença do músico Marco Martins. Irá tocar contrabaixo acústico enquanto são projetados filmes feitos com os alunos representado exercícios de montagem (alternada, contínua, de atrações e jump cut). É uma grande oportunidade de divulgar o trabalho que tem sido desenvolvido na disciplina de cinema com os alunos do 8º ano. Esta iniciativa também vem na sequência das propostas de articulação do cinema com outras áreas.
Todos os professores, alunos e encarregados de educação estão convidados (se houver lugar na sala, é claro!)

Para já vai aqui um pequeno exemplo dos vídeos feitos no âmbito do estudo da linguagem do cinema.

video

PF


quinta-feira, 1 de março de 2012

Novos cartazes de cinema, novas ideias



Está na calha mais um cartaz, desta vez sobre o filme "Viagem à Lua" de Georges Méliès. Vem muito a propósito por causa do sucesso de "A invenção de Hugo" de Scorsese. Este filme passará a ser exibido na escola todos os anos de certeza absoluta, mas o que aqui nos interessa é a relação do filme fantástico de Méliès com a literatura (Júlio Verne) e também a possibilidade de articulação com a Físico-Química.
Novos desafios se adivinham, provando a vitalidade da disciplina de cinema. Não é por acaso que é aquela que mais iniciativa demonstra na escola.

PF