segunda-feira, 31 de março de 2008

Site dos Oscares

Está lá tudo:
http://www.oscars.com/

Sem palavras

Muitos já conhecem, mas é sempre divertido rever
video

quarta-feira, 26 de março de 2008

Site de cinema para consulta


Um colega/amigo/familiar/colaborador nosso teve a amabilidade de nos enviar o endereço de um site interessantíssimo ligado ao cinema vanguardista.

Podemos visionar (é claro que numa qualidade reduzida) centenas de filmes de inúmeros artistas, muitos deles ligados também às artes plásticas: Marina Abramoviç, Alberto Giacometti, Gilbert & George, Man Ray, Joseph Beuys, Jean Cocteau, Marcel Duchamp, Hans Richter, etc. Abarca o cinema alternativo desde praticamente o seu início, ou seja, há filmes de Émile Cohl até Anton Corbijn. É escusado continuar - o site é mesmo obrigatório: http://ubu.com/film.

Alguns destes filmes têm edições em DVD. Destaco a colecção AVANT-GARDE vol I e II da KINO (num total de 4 discos), mas mesmo assim, nada que se compare à quantidade que nos é oferecida pela UBUweb.



Obrigado Nuno Neves.

Georges Méliès

Já aqui falámos da Flickeralley.
Pois bem, desta vez é para anunciar a recente edição em... 5 DVD's de uma colecção dos filmes de Méliès. Começa com a "Partida de Cartas" (1896) e termina com "A Viagem da Família Bouririchon" (1913). Este pioneiro do cinema, reconhecidamente considerado um dos génios da sétima arte (apesar de ter caído em desgraça, devido à concorrência desleal) ficou impressionado com a primeira apresentação dos irmãos Lumière em 28 de Dezembro de 1895. Grande contador de histórias, soube aliar a literatura e o teatro à projecção de imagens em movimento, tendo sido decisivo na divulgação e sucesso do cinema, com a soberba utilização da montagem e dos efeitos especiais.
Os 173 filmes são acompanhados por um pequeno livro com comentários de Norman McLaren, John Fraser e um índice temático. Alguns dos filmes são coloridos (fotograma a fotograma), tal como as versões originais.
Esta colecção é portanto uma pérola para os coleccionadores, e, como a Flickeralley já nos habituou, com uma excelente tranferência para o digital. Quem o quiser terá que desembolsar 89.95 dólares (mais portes, e se calhar, mais despesas de alfândega).
P.F.