sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

O verdadeiro sucesso educativo

Já aqui tive oportunidade recentemente de alertar para o modo como os alunos se expressam e o cuidado que põem na realização de trabalhos que implicam a capacidade de expressão. Não voltaria a falar do assunto se não considerasse a situação demasiado grave.

Depois da mensagem publicada em 25 de Novembro, volto a citar as respostas de alunos (que não identificarei), a frequentar o 8º ano - 13, 14 anos de idade.

Uma das perguntas propunha uma comparação entre métodos de montagem (depois do visionamento do documentário "The magic of moving editing".
Respostas:
"A montagem invisivel invisivel e corto que feito ou seja mudança que de plano no qual o publico nem nota e tem regras enquanto que o corte utilizado nos filmes russos... não tem regras porque o montador aventava-os". Literalmente assim. Ou então:
"D. W. Griffith na montagem não se nota ou ouve o corte e no nouvelle vagme a montagem nota-se o corte e ouve-se". Convido alguém a explicar o que isto significa.

Outra questão:
Como evoluiu o papel do montador ao longo da história do cinema?
Respostas:
"O montado foi sempre melhorando o papel ao longo da história do cinema". Esta repete-se. Mas há mais:
"O montador monta a história por ezemlo se houver partes que estão mal ele cortas em alguma parte do filme ou nem chega a utilizalas".
"O trabalho do montador consiste em trabalhar para melhorar o último take".
Divino. Também apareceu uma resposta dizendo que consistia em escolher os actores.

Posto isto, pergunta-se: serão só os meus alunos? Aqueles que no próximo ano lectivo terão um exame a Língua Portuguesa?

Uma vez que ninguém lê isto, posso aqui afirmar que no fim vou dar boa nota a todos para ninguém me chatear. Ou não estarei certo?

Vou tentar dormir que se faz tarde!

PF

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Olha, voltou Jacques Tati!


Está quase a sair "L'illusionniste" de Sylvain Chomet, depois do sucesso de "Les tripletes de Belleville. É ao mesmo tempo uma homenagem e a recuperação de uma história de amor de pai (Tati) à sua filha. Excelennte animação tradicional. Imperdível!
PF

domingo, 12 de dezembro de 2010

Finalmente chegou a edição em DVD da primeira longa-metragem de Manoel de Oliveira. É pena que a projecção em sala de "Aniki-bobó" apenas esteja prevista para Lisboa e Porto. Cá esperamos uma surpresa do Cineclube de Faro um destes dias. Entretanto, podemos deliciar-nos a ver na televisão. Mas não só... Nesta edição está incluído o seu primeiro filme "Douro faina fluvial", que os nossos alunos do 8º ano já ouviram falar, a propósito de "Manhatta". Eis uma excelente prenda de Natal. E, já agora, parabéns a Manoel de Oliveira - com 102 anos e a fazer filmes. É obra!

P.F.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Entrevista a Martin Kemp no Público


Se Leonardo da Vinci fosse vivo estaria apaixonado pelo cinema. Esta agora!?

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Ele há com cada coisa...

Ficha de trabalho sobre a montagem no cinema. Pretende-se que os alunos adquiram alguns conceitos e revelem alguma capacidade de comunicação e expressão.

Entre outras questões...
Como evoluiu o papel do montador ao longo da história do cinema?
Resposta: "O montador foi sempre melhorando o papel ao longo da história do cinema"
Qual papel? as folhas do caderno? as da impressora?

Outra questão:
Explica sucintamente em que consiste o trabalho do montador.
Respostas: "O trabalho do montador é ajudar o realizador a contratar os actores"
ou ainda
"O trabalho do montador é fazer com que as coisa sejam surriais, fantásticas (...) ou seja mudem o filme para ser mais intersante".
Eu cá acho que os melhores actores são os "surriais".

Daqui se conclui que devemos passar todos, sem qualquer preocupação se sabem ou não, porque depois ainda há que justificar. Como alguém disse... "não te chateies, dá-lhes positiva".

PF

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Metropolis

Já está disponível a versão completa e restaurada do histórico filme de Fritz Lang. Edição da Eureka em DVD e Blu-Ray (ou em separado). Imperdível, acho eu.

PF

terça-feira, 23 de novembro de 2010

O Cannabis de Cabíria


Começa a ser complicado inverter algumas situações e vícios instalados. Infelizmente, alguns alunos de algumas escolas começaram a habituar-se à lei do menor esforço. É o caso de Quarteira. Sim, essa escola EB 23, onde acontecem algumas propostas inovadoras, mas que não deixa de estar situada entre as piores do Concelho, desde que se conhecem os famosos 'rankings'.

Com este panorama é natural que surjam algumas situações caricatas... como hoje. Uma aluna que devia apresentar um trabalho e que obviamente não o tinha preparado, perguntou-me (segundos antes da apresentação) como se chamava o filme que servia de mote para a sua imensa criatividade. "Aquele em que a mulher tem um pesadelo!?"... "É Cannabis que se chama?"...

Era Cabíria!

E lá decorreu a apresentação, numa péssima mostra de mímica. Juro que não fumei nada... mas parecia, de tão irreal que aquilo tudo parecia.

Viva o sucesso educativo!

PF

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

O mundo mágico de Georges Méliès

video

Primeira experiência realizada pelos alunos do 5º ano da Escola Básica Professor Paula Nogueira, inspirada no cinema mágico de Georges Méliès.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Caderno de cinema mudo


Ontem teve lugar a apresentação do caderno sobre o cinema mudo. Apesar de não estarem presentes todos os professores que leccionam a disciplina de cinema nem os/as directores/as das respectivas escolas, foi importante pela partilha de opiniões e sugestões para o desenvolvimento deste projecto. Também foi interessante o facto de esta reunião ter ocorrido na escola Dr. Joaquim magalhães, uma deas primeiras escolas a nível nacional a oferecer o cinema como área curricular.
P.F.

sábado, 23 de outubro de 2010

Colecção de Grandes Realizadores do jornal Público



Como tem sido hábito, o jornal Público tem promovido a edição de colecções de DVD's a preços bastante convidativos (1,95€) e com reconhecida qualidade. Estas colecções têm sido chamadas de 'séries Ypsilon'. A mais recente é dedicada a realizadores e respectivos filmes, bastante significativos na história do cinema. Com o primeiro filme da colecção, "A Grande Esperança" de John Ford, surgiu um depoimento de João Botelho (que recentemente realizou, e está em exibição, "O Livro do Desassossego" a partir do livro de Bernardo Soares / Fernando Pessoa). Botelho afirma que este filme devia figurar nos museus ao lado das grandes pinturas e esculturas da História da Arte. Pois é isso mesmo que tem vindo a acontecer com o Museu Raínha Sofia em Madrid, para quem já teve a sorte de o visitar. Os filmes e os vídeos já são expostos ao lado da Guernica e de outros grandes ícones do património artístico mundial.

P.F.

Exterior Projections at YouTube Play: Live From the Guggenheim




Concurso de vídeo promovido pelo museu Guggenheim.

Os vídeos foram publicados no Youtube, tendo sido premiados 25 videos, de cerca de 23 mil (?) a concurso.

P.F

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Paul Strand-Manhatta(1921)-SINC(2007)

O filme de Paul Strand e Charles Sheeler é o ponto de partida para o trabalho dos alunos do 8º ano. O poema é de Walter Whitman.

Aos alunos é pedido que elaborem um texto em poesia ou prosa, com o apoio da Língua Portuguesa, que depois será 'ilustrado' com imagens filmadas pelos alunos e montadas em Área de Projecto.

Bons projectos e bom trabalho.

P.F.

sábado, 25 de setembro de 2010

Sites com informação sobre cinema

Aproveito para divulgar alguns sites sobre cinema. Na internet podemos encontrar outros, mais completos, com mais informação e em outras línguas, mas este está em língua portuguesa (do Brasil) e por isso, mais acessível aos alunos, até por ter um texto bastante resumido sobre o assunto. É claro que não substitu os apontamentos e informações dadas nas aulas.


http://www.webcine.com.br/historia.htm

.
PF

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Cadernos de cinema 2


Também para o 8º ano há mais material para o caderno sobre cinema mudo. A imagem das páginas em cima referem-se ao capítulo dos pioneiros do cinema (neste caso os alemães Skladanowsky).
O caderno sobre o documentário está a ser paginado, porque o texto está pronto. Deverá ser entregue ainda este ano lectivo.
PF

Cadernos de cinema 1


Já estão concluídas mais algumas páginas dos cadernos de cinema e lentamente vão sendo distribuídas aos alunos. Para já ainda são fotocópias, mas esperamos que mais tarde possam ter outra qualidade de impressão. A maioria dos textos estão concluídos e falta o tratamento gráfico das páginas para que possa aumentar a informação para os alunos e colegas de cinema.
Já agora, bom ano lectivo.
PF

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Concurso de vídeo escolar


Decorrem até 31 de agosto as incrições para o IV concurso de vídeo escolar, organizado pela Escola Secundária Eça de Queirós na Póvoa de Varzim. Infelizmente é apenas destinado a alunos do ensino secundário. Assim que tivermos mais informações sobre concursos escolares para outros níveis de ensino divulgaremos. Mas, para já, fica a informação.

PF

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

slideshow didáctico sobre animação

É muito agradável saber que continuam a ser feitos materiais didácticos interessantes para o ensino do cinema. aproveitamos para partilhar um slideshow de Bruno Teixeira e José Serpa: http://www.slideshare.net/muching/cinema-de-animao-nas-escolas-final-2

Bom trabalho,

PF

terça-feira, 13 de julho de 2010

Plano Cinélycée


Enquanto alguns vão dando as últimas machadadas no ano lectivo que termina, outros já se encontram a preparar o futuro. Nalguns casos o futuro parece pouco promissor (como algumas referências aos mega-agrupamentos) em outros casos, pelo contrário, surgem projectos interessantes e com uma ideia consistente sobre o papel da escola. No próximo ano lectivo em França irá assistir-se à implementação de um plano inovador de uma videoteca virtual, em que as escolas secundárias terão acesso a 200 filmes clássicos e significativos da história do cinema. Além da linguagem do cinema, os alunos serão desafiados a reflectir sobre os grandes temas tratados por esses filmes. Como referiu o presidente da Cinemateca de Paris: "Ensinamos literatura, música e teatro na escola. É vital ensinar também cinema (...) porque as imagens têm um papel na nossa sociedade e é muito importante aprender a descodificar imagens". Ou, o Presidente Sarkozy sobre os alunos franceses: "É urgente desenvolver o seu olhar crítico e ancorar a sua relação com a imagem em movimento numa herança cultural".


E em Portugal... Que tipo de reflexões se fazem sobre a escola?
P.F.

terça-feira, 22 de junho de 2010

Final do ano lectivo

Terminou mais uma etapa. Pelos vistos aproximam-se grandes convulsões, grandes mudanças. Vamos lá ver se há um fio condutor ou se é mais uma aventura a prazo na educação. Pela nossa parte será para continuar e alargar as escolas e as experiências pedagógicas.

PF

sábado, 19 de junho de 2010

O início da comédia - apresentação aos pais

Confesso que tive alguma dificuldade para escrever esta mensagem. Tenho pensado se vale ou não a pena desenvolver algumas iniciativas e/ou se essas iniciativas têm algum sentido. Às vezes o que achamos melhor para a escola não é o mesmo que os restantes intervenientes acham.

No passado dia 17, incluído no 'dia do cinema' foi proposta uma actividade fora do horário lectivo envolvendo os alunos e os respectivos encarregados de educação: os alunos apresentam filmes aos pais. O tema é o início da comédia no cinema.

O objectivo é desenvolver competências no alunos de comunicação oral, de pesquisa e no conhecimento da linguagem. Pretende-se também aproximar a escola da comunidade e desenvolver hábitos culturais a partir da instituição escolar.

E la esperei que os pais chegassem indo para a escola fora do meu horário de trabalho, tal como muitos pais. Muitos pais não! Apareceram apenas dois encarregados de educação, para ver o trabalho de alguns alunos de duas turmas.

Comentários para quê?

P.F.

sábado, 5 de junho de 2010

Trailer Olhos do Farol

O novo filme de Pedro Serrazina

Figuração para novo filme de Teresa Villaverde

Se tens entre 10 e 80 anos e estás interessado/a em fazer figuração, envia foto de rosto com informação de idade para jorgecramez@gmail.com

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Auto-avaliação


Os encarregados de educação não se devem esquecer de assinar as fichas de auto-avaliação preenchidas pelos alunos, com uma rúbrica de forma a confirmar que tomaram conhecimento do percurso escolar do aluno. Estas fichas deverão ser entregues na última semana de aulas. Esta é uma forma de perceber até que ponto se consegue estabelecer uma relação mais próxima entre a disciplina de cinema e os encarregados de educação. A outra actividade que envolve directamente a comunidade educativa é a apresentação dos filmes por parte dos alunos (ver mensagem anterior).
PF

Actividades de final de ano

Relembro que nesta recta final,os alunos da escola de Quarteira irão apresentar à comunidade alguns filmes do início da comédia. Esta sessão decorrerá no dia 17 de Junho, Pelas 20:30 h, inserida no 'dia do Cinema'. Os alunos não se devem esquecer de se inscrever no link comentários. Indicam qual o filme que escolheram de forma a não interferir com as escolhas dos colegas. Bom trabalho.


PF

Cartazes de cinema

Foram criados para o dia do cinema na Escola de Quarteira 3 cartazes de promoção à disciplina. Estes poderão circular pelas várias escolas que já têm a disciplina ou que estiverem interessadas nesta nova opção artística. Para isso devem contactar a direcção da escola.









PF

quarta-feira, 19 de maio de 2010

PREMIERE

Já está à venda a edição de Maio da revista Premiere. Além das habituais críticas e informações sobre as estreias, destaco a continuação do texto sobre o início do cinema, por Mário Augusto, desta vez dedicado a David W. Griffith. Atenção também para os artigos sobre os Heróis do cinema, as adaptações no cinema e sobre a Nouvelle Vague. A escola de Quarteira já fez a sua encomenda para consulta dos alunos na Biblioteca.

PF

domingo, 16 de maio de 2010

Divulgação da disciplina de Cinema


Sevilha

Congresso "Alfabetização mediática y culturas digitales"
Comunicação no dia 14 de manhã, no painel "Medios educativos y Alfabetización Mediática", moderado por Amor Rodriguez e Enrique Martinez Salanova (Grupo Comunicar).
A propósito, pode-se consultar http://www.uhu.es/cine.educacion
PF

terça-feira, 20 de abril de 2010

Formato dos filmes a apresentar na disciplina de cinema


Caros alunos


Ao fazerem a montagem dos vossos filmes no programa Movie Maker, devem ter em atenção que o formato será DV-AVI, como se apresenta na janela em cima.


Bom trabalho


PF

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Onde jaz o teu sorriso


Já está disponível uma edição do filme de Pedro Costa, "Onde jaz o teu sorriso". Trata-se de uma «comédia de remontagem» do filme "Sicília" de Danièle Huillet e Jean-Marie Straub, propondo aos espectadores assisitrem ao processo de criação da fase de pós produção desse filme. Depois de ter falado sobre a montagem no cinema aos alunos do 8º ano, eis uma boa oportunidade de reflectir sobre o próprio cinema. É claro que o cinema de Pedro Costa não será muito acessível aos nossos alunos, mas...


A referência cá fica.

Para Jean-Luc Godard, terá sido "O melhor filme que alguma vez se fez acerca do cinema e da montagem".

Para mais informações, consultar o site da Midas em: http://midas-filmes.pt

PF

domingo, 18 de abril de 2010

Revista Premiere


A revista portuguesa dedicada exclusivamente ao cinema tem nas edições de Março e Abril um texto do conhecido jornalista Mário Augusto sobre o início do cinema e a criação do fenómeno cinematográfico em Hollywood. Este texto, com os habituais comentários que o autor já nos habituou nos seus programas televisivos, enquadra-se perfeitamente no âmbito das aulas de cinema do 8º ano, pois apresenta uma perspectiva histórica com algumas curiosidades.
Talvez fosse interessante as escolas que têm a disciplina de cinema começarem a adquiri-la para as suas bibliotecas.

A revista Premiere foi lançada em 1999 e teve a sua publicação interrompida durante algum tempo, mas a partir de Março deste ano sofreu uma renovação e passou a contar com uma nova direcção, da responsabilidade de Miguel Monteiro. Além de Mário Augusto, são presenças constantes o conhecido crítico João Lopes e conta com novas secções. Os textos e o grafismo parecem-me apelativos aos nossos alunos.
PF

sexta-feira, 2 de abril de 2010

José Maria Nunes

No passado dia 24 de Março, faleceu em Barcelona José Maria Nunes com 80 anos. Natural de Faro, foi muito novo para Espanha com os pais e viria a tornar-se uma referência do cinema na capital da Catalunha, fundando a Escola de Cinema de Barcelona. Quase desconhecido em Portugal, foi recentemente condecorado pelo Presidente Cavaco Silva, no dia 4 de Março, na visita que fez à Catalunha.

PF

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Não, não é mentira!

De acordo com recentes notícias, prepara-se uma nova amostra de reforma no ensino. Pelos vistos, começa-se a chegar à conclusão que a reorganização curricular de 2001 (Decreto-Lei nº 6/2001, depois "corrigido" pelo Decreto-Lei nº209/2202), onde se incluiam as famosas áreas curriculares não disciplinares, precisa de se reorganizar. Ou seja, parece que estas áreas afinal não contribuíram para os alunos passarem a estudar melhor (apesar do estudo Acompanhado), revelarem mais e melhor cidadania (apesar da Formação Cívica) e a reflectirem e trabalhar de uma maneira diferente o seu currículo (apesar da Área de Projecto). Mas a cereja em cima do bolo deverá ser a possibilidade de haver aulas semestrais, por exemplo para História e/ou Geografia. Tal como as leis que anteriormente referi, contribuiram para criar alguma confusão nas escolas, nomeadamente com o ensino artístico debaixo de uma capa de atribuição de maior autonomia às escolas, esta pseudo-inovação também poderá trazer uma repetição desta fórmula. Estou a ver os professores da disciplina A em guerra com os da B a ver que consegue mais horas para o seu grupo. Onde é que já vi isto? Se não me engano é a continuação da política da treta... e isto não é mentira!

PF

terça-feira, 23 de março de 2010

Final do Monstra 2010


Terminou mais uma edição do festival Monstra. Foi a décima edição e neste ano o tema central foi a animação portuguesa. Como tem sido hábito no festival, o concurso vai-se alternando de ano para ano, entre curtas e longas metragens. Nesta edição estavam a concurso curtas metragens, tendo obtido o grande prémio o filme "Divers in the Rain" de Priit e Olga Pärn. Pessoalmente, os filmes de Priit Parn não são os que mais me agradam, mas essa é outra conversa. O filme de José Miguel Ribeiro, "Passeio de Domingo" obteve o Prémio do Público.
PF

segunda-feira, 8 de março de 2010

Afinal não foi o filme Avatar que levou mais Oscars.
A edição 82 dos prémios da Academia tinha um excelente leque de filmes. Qual o melhor? A resposta não é fácil

sexta-feira, 5 de março de 2010

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010




Dia 25 de Fevereiro terá lugar, na Direcção regional de Educação do Algarve uma apresentação da proposta do caderno de animação para o 7º ano. Esta apresentação insere-se no estudo sobre a disciplina que tenho vindo a fazer e será um excelente momento de reflexão para os professores da disciplina de cinema e futuros interessados.



P.F.



sábado, 13 de fevereiro de 2010

Madonna - Express yourself

Mais uma referência ao filme Metrópolis de Fritz Lang.



Na aula é apresentado o videoclip dos Queen, Radio Ga Ga.



video




P. F.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Começou o segundo semestre

O ano lectivo está a meio e isso significa mudança de turnos. O primeiro semestre acabou e a prestação dos meus alunos do 8º ano foi pouco mais do que medíocre. É estranho porque a larga maioria referiu oralmente e na auto-avaliação que gostou da experiência, mas quase ninguém efectuou as tarefas propostas (como se pode perceber nas mansagens anteriores). É obvio que tenho 'culpa no cartório', talvez por exigir demais, ou por querer avidamente fornecer competências que os alunos não estão preparados para receber. Enquanto que para a minha geração, a novidade e a estranheza era motivo de conversa e de interesse, agora não. "O que é que isso contribui para a minha felicidade?" "Para quê saber coisas novas?". No segundo semestre proponho alguns ajustamentos na planificação e enfatizar o reconhecimento da importância da comunicação audiovisual, com diversos exemplos: videoarte, videoclip, spot publicitário, citações em filmes recentes, etc. Espero que as segunda metade das turmas tenha outra atitude e valorizem o facto de a nossa escola estar a dar o que outras ainda não dão.


P.F.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

O tema do VAMPIRO no cinema e literatura







Está a decorrer (e quase a terminar) no átrio da Biblioteca da escola de Quarteira uma exposição de trabalhos de alunos de cartazes e capas de livros. O tema é o livro de Bram Stoker e o filme de Friedreich Murnau, que deram origem à saga de livros e filmes sobre vampiros. Trata-se de uma actividade conjunta das disciplinas de Cinema, Língua Portuguesa e da Biblioteca. Como é possível ver, há imensos trabalhos e a qualidade abunda.
P.F.






segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Monstra 2010

Em Março, entre os dias 11 e 21, irá decorrer mais uma edição do festival de cinema de animação de Lisboa. Este ano o país em destaque é... Portugal. Por isso, é uma oportunidade para ver filmes de animação portugueses que raramente estão disponíveis e perceber melhor como evoluiu este género no nosso país. De certetza que também será possível contactar com a animação e os realizadores que mais se têm destacado recentemente, como Regina Pessoa, Pedro Serrazina, Abi Feijó, ou José Miguel Ribeiro, entre outros. Então, vemo-nos em Lisboa?

domingo, 24 de janeiro de 2010

Sessão de cinema apresentada pelos alunos

21 de Janeiro. 20.45h. Auditório da escola E.B. 2,3 de Quarteira nº 2. Horário pós-laboral.
Sessão de cinema sobre o início da comédia. Meia dúzia de alunos para apresentar o trabalho e... meia dúzia de pais.


Era suposto todos os alunos deste semestre apresentarem o seu trabalho à comunidade. Não vale a pena desistir. Continuarei a procurar e distribuir pérolas...

P.F.